Município de Braga

Apresentação

Considerada uma das mais jovens cidades europeias, Braga consegue aliar na perfeição a sua História bimilenar a uma juventude e vitalidade revigorante.

Braga sempre assumiu um papel regional estratégico e central: De Bracara Augusta aos nossos dias, quer pela sua localização geográfica privilegiada, quer pelo seu dinamismo, desempenha um papel dinamizador de referência a nível económico, cultural e do conhecimento e de tecnologia.

A sua centralidade e relevância permite-lhe oferecer aos seus habitantes uma excelente qualidade de vida nos seus mais variados critérios: na Saúde, no Emprego, na Educação, na Segurança ou na Cultura.

E esta aposta municipal na promoção do desenvolvimento baseado na transferência de conhecimento, na tecnologia e no eco sustentabilidade, tem potenciado a visão de Braga como “cluster” de indústrias tecnológicas, tornando-a cada vez mais um polo atrativo ao Investimento.

Também o Destino Braga tem suscitado cada vez mais interesse a novos segmentos: do Turismo Religioso e Cultural , o Turismo de Negócios, os City Breaks e a Gastronomia e Vinhos começam a afirmar-se como novos produtos âncora na promoção turística da Senhora do Minho.

Evidências do Caminho

O caminho passa pela Sé de Braga, a mais antiga do país, em direção à Rua da Boavista, também conhecida por Rua da Cónega. A origem do nome “Cónega”, advém do facto de a rua ter surgido sobre ou junto à quinta do Cabido (cuja designação em latim advém de “canonica”), segundo o professor e medievalista José Marques. Nesta Rua encontramos uma fonte mandada erigir pelo Arcebispo D. Diogo de Sousa em 1531, na qual se insere um nicho de Santiago, prova de que por aqui passava o caminho desde os tempos quinhentistas, pelo menos.

Mas há testemunhos ainda mais antigos, pois o itinerário deste caminho cruza as Vias Romanas, nomeadamente, a Via Antonina ou Via XIX, que unia Braga a Astorga. Saindo da cidade, em direção à Vila de Prado, atravessamos o Rio Cávado por uma majestosa ponte do século XVII. A partir desta Vila, o caminho coincide com os troços da Via Romana, onde se encontra abundante sinalização dos dois caminhos. Desde aqui, segue-se para a Ermida de São Tiago, com belas imagens do peregrino, para a Torre Medieval de Penegate, o Cruzeiro e Capela de Nossa Senhora da Penha, chegando a Goães, onde os peregrinos podem descansar no albergue.

Em termos históricos, o Caminho Português é o mais antigo, tendo adquirido grande relevância a partir do século XII. O Caminho herdou vias e caminhos das Vias Romanas, tais como a Via XIX, coluna vertebral da Gallaecia que ligava Braga a Astorga através de ponte de Lima, Tui, Pontevedra, Santiago e Lugo.

Contactos da Entidade

Telefone: [+351] 253 61 60 60
E-mail: municipe@cm-braga.pt

Contactos úteis

Protecção Civil da CMB:  253 609 740
Polícia Municipal: 253 609 740
Bombeiros Sapadores: 253 264 077
GNR – Comando Territorial de Braga: 253 203 030
PSP – Comando Distrital: 253200420 – 253206480 – 962000404 – 962000416
Bombeiros Voluntários de Braga: 253 200 430
Cruz Vermelha Portuguesa – Delegação de Braga: 253208870 – 253208879

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo
X